IPVA Atrasado: Como resolver esse problema e ficar com tudo em dia

Sabemos que o IPVA atrasado é uma realidade de muitos brasileiros.

Infelizmente quando chega o momento de pagar o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores, muitas pessoas acabam ficando sem dinheiro.

Ficar com o IPVA atrasado pode gerar penalidades, além de multa por atraso de 0,33% ao dia e podendo chegar até em 20%. Mas também é importante entender que este valor é reajustado de acordo com a Taxa Selic, sendo assim a multa pode ser ainda maior.

Quem está o documento em atraso precisa saber também que esse não é um problema difícil de ser resolvido, mas resolver o quanto antes é o mais indicado para que não seja gerado ainda mais problemas.

O que acontece com quem fica com o IPVA atrasado?

IPVA atrasado

Não é já no primeiro atraso que o proprietário do veículo vai começar a ter dores de cabeça, geralmente o contribuinte pode receber uma carta informando um novo prazo para pagamento é a partir dessa data que os problemas começam a surgir.

Nome inserido na Dívida Ativa ou outros órgãos

Um ponto bastante negativo e preocupante para quem fica com o IPVA atrasado é que o nome pode ser inserido no cadastro dos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Isso pode dificultar a vida de quem pensa fazer o financiamento da casa própria ou solicitar qualquer tipo de linha de crédito.

ANÚNCIO

Além disso, o nome também pode ser inserido na Dívida Ativa e será um grande empecilho para quem quer prestar concurso público, por exemplo.

Multas

Quem não paga o IPVA no prazo estipulado, sofre com o acumulo de juros dia após dia de atraso. Dessa forma, a dívida fica cada vez maior e mais difícil para que o devedor consiga resolver a situação.

O valor exato da multa é difícil de ser passado, já que pode variar de estado para estado.

É liberado dirigir o carro com IPVA atrasado?

Estar com o IPVA atrasado não significa que o veículo não poderá ser utilizado, principalmente se o condutor estiver com a CNH em dia. Mas o problema é a falta do licenciamento anual do veículo (CRLV).

Se o veículo for parado por um agente de trânsito, o mesmo poderá ser removido para o pátio do Detran até que a regularização seja feita, além de ser necessário pagar as multas e taxas do órgão responsável.

Veja como pagar o IPVA atrasado e resolver a sua situação

Nós fizemos questão de ressaltar todos os problemas causados pelo atraso desse documento, para que nossos leitores possam entender a importância de fazer a regularização.

Então agora já ciente dessa situação, é hora de resolver essas pendências através de um passo a passo super simples de ser executado:

  • Acesse o site do Detran do estado responsável pelo seu veículo e procure por algo como “Consulta de veículo”. Cada estado vai ter um site diferente, mas a ideia central é a mesma. Será preciso informar a placa e o renavam do veículo;
  • Emita a Guia Para Regularização de Débitos (GRD). Nela vai constar o valor do IPVA atrasado, mais as multas e taxas com a data do novo vencimento;
  • Realize o pagamento dessa guia através dos postos indicamos, como lotérica e bancos.

É possível parcelar o IPVA atrasado?

Sim, existe essa possibilidade. Mas cada estado tem autonomia para decidir se o parcelamento será possível ou não, por isso cada pessoa deverá consultar diretamente no site do Detran do seu estado.

Quem conseguir fazer o parcelamento deverá tomar bastante cuidado para conseguir pagar as parcelas em dia, pois um único atraso pode fazer o acordo ser invalidado, o que gera ainda mais problemas.

Gostou do artigo ou ainda tem alguma dúvida?

Aproveite  também e nos acompanhe no Facebook e no Instagram.

* Imagem por Canva.

Importante: Este site faz uso de cookies para que você tenha uma melhor experiência. Conheça nossa nova Política de Privacidade.
Scroll to Top